Atendimento Nutricional Personalizado - Palestra - Educação Nutricional - Consultoria para escola - Oficina culinária - Treinamento

Bolo de milho e coco (sem glúten)

Bolo bem gostoso para acompanhar um café passado na hora!


Receita rápida, fácil e de liquidificador:

3 ovos
2 xícaras (chá) de leite
1/2  xícara (chá) de óleo de canola
2 colheres (sopa) de óleo de coco
1 1/2 xícara  (chá) de açúcar demerara
2 xícaras  (chá) de  farinha de milho
50g de coco ralado
1 colher (sopa) de fermento em pó

Bata no liquidificador os ovos, leite, óleo e óleo de coco até ficar homogêneo. Em seguida adicione o açúcar e a farinha de milho e bata novamente. Por último acrescente o coco ralado e o fermento em pó e pulse rapidamente só para misturar.

Coloque a massa em forma  com buraco no meio untada e enfarinhada (usei farinha de trigo*). Leve ao forno pré-aquecido em 180º para assar por aproximadamente 50 minutos, ou até que ao enfiar o palito no bolo, saia seco. 

* celíacos devem usar creme de arroz.



Saiba um pouco mais sobre a doença celíaca:

A doença celíaca consiste na intolerância permanente ao glúten. Geralmente se manifesta na infância, entre o primeiro e terceiro ano de vida, podendo entretanto, surgir em qualquer idade, inclusive na adulta. O tratamento da doença consiste em uma dieta totalmente isenta de glúten.

O glúten é a principal proteína presente no trigo, aveia, centeio, cevada e malte (sub-produto da cevada), cereais amplamente utilizados na composição de alimentos, medicamentos, bebidas industrializadas, assim como cosméticos e outros produtos.

O prejudicial e tóxico ao intestino do paciente intolerante ao glúten são "partes do glúten", que recebem nomes diferentes para cada cereal:
  • Trigo - Gliadina
  • Cevada - Hordeína
  • Aveia - Avenina
  • Centeio - Secalina
  • Malte é um produto da fermentação da cevada, portanto apresenta também uma fração de glúten. Os produtos que contenham malte, xarope de malte ou extrato de malte não devem ser consumidos pelos celíacos.

O glúten não desaparece quando os alimentos são assados ou cozidos, e por isto uma dieta deve ser seguida à risca. O glúten agride e danifica as vilosidades do intestino delgado e prejudica a absorção dos alimentos.


Mucosa do intestino delgado com as vilosidades atrofiadas


 Mucosa do intestino delgado com as vilosidades normais 

Fonte: Acelbra

Nenhum comentário:

Postar um comentário