Atendimento Nutricional Personalizado - Palestra - Educação Nutricional - Consultoria para escola - Oficina culinária - Treinamento

Chia

Chia na colher de café

A chia (Salvia hispanica) é uma fonte completa de proteínas, pois fornece todos os aminoácidos essenciais; cerca de 20% do seu peso é proteína.  Tem a capacidade de absorver mais de 12 vezes o seu peso de água, ótimo para aumentar a saciedade, além de prolongar a hidratação e retenção de eletrólitos em flluidos do organismo.


As sementes de chia contêm cinco vezes mais cálcio que o leite; duas vezes mais potássio que as bananas; três vezes mais antioxidantes que a uva; três vezes mais ferro que o êespinafre; são também ricas em fibras, vitaminas e contêm mais ômega 3 que o salmão ou a linhaça, se tornando um dos superalimentos mais potentes, funcionais e nutritivos do Mundo.


Antiga e muito usada pela civilização Maia, a semente de forma oval, de tamanho pequeno (2 mm de comprimento) e sementes de cores acastanhadas, cinzentas, pretas e brancas (a variedade de sementes brancas é designada como Salba) da família das mentas, foi descoberta em terras colombianas e mexicanas há centena de anos, cuja composição nutricional e respectivos benefícios para a saúde, já são desde aquela época conhecidos, apesar de só mais recentemente se ouvir falar desta semente.

Durante séculos, a chia formou o alimento base dos indígenas do sudoeste da América. Para os Maias, Chia significa Força. Segundo a lenda deste povo, uma colher da semente é capaz de sustentar energeticamente uma pessoa adulta por 24 horas e ainda eram usadas como moeda, pois esses povos pagavam os seus impostos com as sementes de chia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário