Atendimento Nutricional Personalizado - Palestra - Educação Nutricional - Consultoria para escola - Oficina culinária - Treinamento

Reeducação Alimentar

Matéria publicada no blog  Pleno Ser Psicologia, da Drª Sylvia, confiram na íntegra:


Pleno Ser entrevista: Dra. Thais Penteado, nutricionista da ABCnutri


A Dra. Thais Penteado, nutricionista da ABC Nutri – Nutrição Personalizada, concedeu esta entrevista ao blog Pleno Ser. A idéia veio à partir de uma reunião nossa, onde percebemos que as dúvidas dos pacientes acabam sendo mais ou menos as mesmas. Resolvi fazer uma economia no bolso deles e uma proposta (decente!) para a Dra.Thais. Elaborei uma lista de perguntas pensando nos comentários que escuto dos meus pacientes.
Espero que seja útil!
Foi feita com carinho!
PLENOSER – O que é a reeducação alimentar?
Dra. Thais – A reeducação alimentar consiste em alterações nos hábitos alimentares gradativamente. Após realização da anamnese alimentar, vou sugerindo, adaptando e incluindo novos alimentos na rotina do paciente.
Uma nutrição adequada proporciona diversos benefícios ao organismo: diminui a ansiedade, o stress, melhora o humor, facilita o controle do peso entre tantos outros benefícios. O consumo diário dos alimentos deve ser nutricionalmente completo, com todos os macronutrientes (carboidratos, proteínas e gorduras) e micronutrientes (vitaminas e minerais) adequados as necessidades fisiológicas, nas diversas fases da vida e adaptando-se ao gasto energético de cada indivíduo.
PLENOSER – Passar pela nutricionista é um sacrifício, tenho que mudar meus hábitos e não vou comer chuchu com repolho só por que faz bem?
Dra. Thais – Infelizmente ainda existe uma ideia equivocada sobre o profissional nutricionista. Tenho a impressão que muitos pensam que tem que seguir uma dieta restritiva, sem graça, monótona, com muitos “não pode!” Não pode isso, não pode aquilo. O lema agora é pode sim, claro que com moderação, e ainda pode muito mais… Os pacientes ficam surpresos, pois com as mudanças nos hábitos alimentares, muitas vezes, come mais do que antes e ainda emagrece, por exemplo. A qualidade da alimentação aliada a quantidade correta promove uma ótima nutrição para o organismo do paciente.
PLENOSER – Já tentei todos os tipos de dieta, e sempre fracassaram, o que você me oferece de novo?
Dra. Thais – O culto a magreza leva as pessoas a realizarem dietas absurdas, totalmente contrárias às recomendações, e são consideradas um risco à saúde. Algumas dietas chegam a durar tempo suficiente para prejudicar um organismo saudável.
Quero citar 2 problemas que vejo nessas dietas da moda:
  • Primeiro, sempre há carência de algum nutriente, como por exemplo, a dieta da proteína, que há alta ingestão de proteínas e gorduras e baixa ingestão de carboidratos, vitaminas e minerais. Precisamos de carboidrato para queimar gordura, o que não acontece nesta dieta, o organismo então, começa a queimar massa magra, ou seja, músculo para gerar energia. Então, a pessoa fica literalmente sem energia, cansada, apática.
  • Em segundo o que me incomoda nessas dietas é a monotonia, come só fruta ou só proteína, ou só sopa…passada uma semana a pessoa não aguenta mais comer os alimentos da dieta. O que acontece quando a pessoa pára a dieta? Ela volta a comer com “força total”, come tudo o que vê pela frente e acaba engordando mais do que antes, é o famoso efeito iô-iô.
PLENOSER – Quais as consequências da cirurgia de redução de estomago nutricionalmente?
Dra. Thais – É um assunto bem polêmico, deveria ser realizada apenas para os obesos mórbidos, com IMC acima de 40 e com patologias associadas como diabetes, elevada hipertensão arterial, colesterol e triacialglicerol elevados, ou seja, quando há risco de morte. Mas muitas pessoas realizam o procedimento sem necessidade, apenas porque querem uma solução rápida, chegam a engordar para fazer a cirurgia acreditando no milagre para emagrecer.
A pessoa obviamente não consegue ingerir a quantidade adequada de alimentos, o que ocasiona déficits nutricionais, portanto, a suplementação é imprescindível para manter a saúde.
Para o sucesso do tratamento os pacientes devem ser acompanhados antes, durante e depois da cirurgia por uma equipe multidisciplinar.
Já existem estudos comprovando que se o paciente não faz a reeducação alimentar, após 10 anos voltam a engordar.
PLENOSER – Por que como pouco e engordo?
Dra. Thais – Provavelmente porque está faltando nutrientes e o metabolismo não funciona, come pouco mas come errado, muitas calorias vazias, ou seja, alimentos que são calóricos mas não trazem nenhum benefício nutricional.
PLENOSER – Tomar chás para emagrecer funciona?
Dra. Thais – Auxiliam sim, desde que seu consumo seja aliado a reeducação alimentar. Os chás são fitoterápicos e devem ser consumidos com moderação, na dosagem correta, caso contrário, pode prejudicar ao invés de ajudar.
Um chá da moda é o verde, aparece na mídia e muitas pessoas saem tomando, mas por exemplo, hipertensos e pessoas com problemas na tireóide não devem consumir, existem outras opções de termogênicos, enfim, cada paciente é único e o uso do chá deve ser de acordo com a necessidade de cada um.
PLENOSER – Farinha de maracujá emagrece mesmo? Como usá-la?
Dra. Thais – A farinha de maracujá é rica em fibras, indicada para o controle da glicemia, ótima para pessoas com diabetes ou com resistência à insulina. É rica em pectina, uma fibra solúvel que tem a capacidade de reter água e formar um gel viscoso que retarda o esvaziamento gástrico, ou seja, promove sensação de saciedade, melhora o trânsito intestinal, ajudando no emagrecimento.
O uso pode ser alternado em sucos, vitaminas, iogurtes, saladas ou sopas, e podem ser adicionadas em preparações de bolos, tortas, panquecas ou  pães.
PLENOSER – Como é que o atendimento de uma nutricionista? Demora muito tempo?
Dra. Thais – A consulta tem duração de uma hora aproximadamente, o acompanhamento é quinzenal ou mensal, de acordo com a necessidade do paciente. Consiste em:
  • Anamnese Alimentar: avalia-se os hábitos alimentares sob o aspecto quantitativo e qualitativo, através de recordatórios alimentares e frequencia alimentar, histórico clínico e hábitos de vida.
  • Antropometria: avalia-se a composição corporal através da medição de peso, estatura, aferição de dobras cutâneas e mensuração de circunfências para o diagnóstico antropométrico. Em crianças o acompanhamento é realizado através das curvas de crescimento, adequação do peso para a idade, da estatura para a idade e do peso para a estatura. De acordo com o Diagnóstico Nutricional define-se com o paciente os objetivos e metas a serem atingidas.
  • Reeducação Alimentar: com base no estudo do paciente inicia-se um programa de mudança de hábitos alimentares, de acordo com a necessidade individual. Após adequação da alimentação, se for preciso, iniciamos a suplementação aliada a fitoterapia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário