Atendimento Nutricional Personalizado - Palestra - Educação Nutricional - Consultoria para escola - Oficina culinária - Treinamento

Dia do "lixo"


Imagem: Corbis

Quer emagrecer? Aprenda a não se sabotar!!

O ano tem 365 dias.

Este ano de 2012 tem 52 sábados e 53 domingos, totalizando 105 dias.

Tem 15 feriados que caem em dia de semana, quando cai de terça ou quinta feira, emendamos o feriado e totalizam mais 7 dias.

Só até aí já são 127 dias.

Vamos ainda considerar 30 dias de férias e os aniversários de amigos e familiares, festinhas, confraternizações, etc, vamos considerar mais 20 dias.

Placar final: 177 dias de lixo x 188 dias de comida de verdade!!

Portanto, passamos quase metade do ano arranjando desculpas para sairmos da linha.

Independente do objetivo de cada um: eliminar uns quilinhos ou diminuir a taxa de colesterol elevada ou controlar os níveis de ácido úrico, em primeiro lugar, devemos considerar a saúde de cada um.

E sabemos que nas nossas escapadas ninguém quer comer uma simples maçã, quer logo comer uma torta de massa folhada com bastante manteiga para ficar bem “folhadinha” com muuuito creme, de preferência bem doce, ou então um belo bife à parmeggiana, cheio de óleo e muuuito queijo, para comer até enjoar, pois já que vamos fazer o dia do “lixo”, vamos comer meeeesmo!!

Nessas escapadas vejo muito isso, pra começar a pessoa já nem toma café da manhã, quando acorda vai logo almoçar muuuito, aí esquece a salada antes do prato principal, bebe refrigerante junto com a comida, afinal, hoje pode!! Aí se empanturra e não consegue comer mais nada...fica por longo período em jejum, e aos meus pacientes já sabemos o que acontece né?

Aí quando é domingo à noite lembra que nem tomou água no fim de semana, não comeu nenhum legume sequer, e aí vem o peso na consciência...tarde demais!!

Ahhh, mas na segunda feira começo de novo, sempre na bendita segunda!!

Devemos repensar o dia do “lixo”, devemos abusar menos, se cuidar mais, pois chega uma hora que nosso organismo não dá conta de tanta porcariada.

Se permita aos prazeres da mesa de vez em quando, mas lembre-se moderação é sempre bom. Não faça tudo de uma vez, a reeducação alimentar nos permite comer de tudo um pouco, não chute o balde de uma vez só, pensem nisso!! :)

Adaptado do livro Tudo posso, mas nem tudo me convém.

Nenhum comentário:

Postar um comentário