Atendimento Nutricional Personalizado - Palestra - Educação Nutricional - Consultoria para escola - Oficina culinária - Treinamento

Purê de batata, abóbora e chia


Purê, quem não gosta? E como sempre falo, nada melhor que agregar valor nutricional na preparação né? Principalmente para quem consome poucos alimentos saudáveis... Além disso, a batata inglesa tem o índice glicêmico elevado, que aumenta a produção de insulina e favorece o depósito de gordura, principalmente na região abdominal, e também não é bom para os diabéticos, que têm que ter maior cuidado com os alimentos com alto índice glicêmico. 

Essa receita é uma opção para criançada que é difícil de comer, no caso eu fiz meio a meio (batata inglesa e abóbora cabotiá), mas para acostumar com o sabor da abóbora, pode fazer na proporção 3/4 e 1/4. 

Para quem nunca usou esse tipo de abóbora, para descascar, ela é beeeem dura, normalmente já compro descascada e fatiada na feira, mas quando compro inteira, cozinho em uma panela com água até amolecer, aí corto e uso a polpa nos pratos. 
Pra quem não conhece a abóbora cabotiá, é essa aqui:


O betacaroteno, responsável pela cor alaranjada da abóbora, é transformado em vitamina A no organismo, um potente antioxidante que combate os radicais livres, e ainda, atua na retina, garantindo a boa saúde dos olhos. E, para quem quer eliminar uns quilinhos, a cabotiá é rica em fibras, ideal para aumentar a saciedade e evitar o exagero durante as refeições. Também contém boa quantidade de ferro, magnésio e fósforo. Essa variedade é bem macia, e pode ser usada em pratos doces ou salgados, pois combina muito bem, além de ficar com uma cor linda, afinal, "comemos" com os olhos também... 

A semente da abóbora, se consumida frequentemente e em quantidade moderada, atua na prevenção de hiperplasia de próstata, nesse distúrbio que acomete homens entre 40 e 60 anos, a glândula cresce demais, apertando o canal urinário. Mas os hipertensos devem tomar cuidado com as versões salgadas devido ao teor de sódio, prefira as que vem sem sal. 


Vamos a receita... é fácil, gostosa e nutritiva: Cozinhei em água e sal a batata e a abóbora, adicionei manjericão para perfumar, estou numa fase que coloco manjericão em quase tudo, até no arroz integral. 


Eu uso esse amassador, ele deixa pedacinhos, que eu adoro e prefiro, mas se quiser, pode passar no espremedor ou amassar com o garfo mesmo. Depois de tudo amassado é só adicionar 1 cebola refogada (em manteiga) bem douradinha, um pouco da água do cozimento que além de ser rica em minerais e vitaminas, deixa o purê mais leve, agora, se você não abre mão de colocar o leite de vaca no purê, pode adicionar leite em pó na água do cozimento... finalizei com salsinha fresca picadinha e chia (que já falei aqui). Purezinho com um frango bem temperado e uma mega salada, precisa de mais alguma coisa?

A maioria das crianças aceitam purê com facilidade, então por que não enriquecer com legumes? Dá pra colocar chuchu, cenoura, mandioquinha, inhame, couve flor ou o que a sua imaginação mandar... além de ficar mais nutritivo, a criança vai se acostumando aos diferentes sabores.

Nenhum comentário:

Postar um comentário